Empresas assinam termos de ajustes do Fundopem

31/03/2015

Os primeiros termos de ajuste do Fundo Operação Empresa (Fundopem) de 2015 foram firmados nesta segunda-feira (30), em cerimônia no Palácio Piratini. São cinco projetos, que contemplam de grandes a pequenas empresas: Calçados Beira Rio, Hyundai Elevadores do Brasil, Rodovale Indústria e Comércio de Equipamentos Rodoviários, Bebidas Fruki e Instinto Íntimo Artigos de Vestuário. Os investimentos somam R$ 110,3 milhões e devem gerar 656 empregos. 

Assinaram os termos o vice-governador, José Paulo Cairoli, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, e representantes das empresas. Também esteve presente na solenidade a secretária extraordinária do Gabinete de Políticas Sociais, Maria Helena Sartori. 

"Temos hoje estados distintos, e as empresas são responsáveis pelo Rio Grande do Sul que dá certo", afirmou o vice-governador.. "Assumimos um Estado que vem gastando mais do que arrecada, mas o governador Sartori está firme no propósito de tornar o Rio Grande do Sul viável, e vocês são fundamentais para esse sucesso", reiterou Cairoli, dirigindo-se aos empresários presentes. 

"Em uma época em que muitos estão puxando o freio dos investimentos, a assinatura deste primeiro termo de ajuste comprova que os projetos estão sendo efetivados, que não ficaram apenas no papel, o que é importante na geração de emprego e renda para nosso Estado", destacou Fábio Branco. O secretário reforçou que o governo coloca à disposição dos empreendedores os bancos de fomento, além das ferramentas de incentivos que tornam as empresas mais competitivas, como o Fundopem/Integrar. "É um momento difícil, mas estamos abertos a investimentos, fortalecendo as empresas instaladas e de braços abertos a novos empreendimentos", acrescentou. 

O diretor-presidente da Bebidas Fruki, de Lajeado, Nelson Eggers, falou em nome das empresas, destacando justamente a disposição de crescer na adversidade. "Vamos utilizar a crise que o Brasil atravessa como oportunidade", afirmou. Eggers é um entusiasta do Fundopem. "A Fruki é exemplo do sucesso do modelo desse modelo. Éramos menores que muitas indústrias de refrigerantes regionais, e hoje a maioria não existe mais. A empresa expandiu-se e crescerá ainda mais", frisou. 

Ajustes - Os termos de ajuste são assinados na medida em que a empresa comprova a realização dos investimentos, os quais são recuperados pelo financiamento do ICMS gerado. O primeiro ajuste de cada projeto é importante, pois é a partir deste que a empresa começa a usufruir o incentivo. 

PROJETOS 

Calçados Beira Rio S.A. 
Implantação de unidade industrial em Lajeado e expansão de unidades. 
Local: Candelária e outros 
Investimento aprovado: R$ 33 milhões 
Geração de novos empregos diretos: 120 

Hyundai Elevadores do Brasil Ltda. 
Local: São Leopoldo 
Implantação de unidade industrial para fabricação de elevadores e outros equipamentos de transporte vertical 
Investimento aprovado: R$ 63 milhões 
Geração de novos empregos diretos: 374 

Rodovale- Indústria e Comércio de Equipamentos Rodoviários Ltda. 
Local: Lajeado 
Ampliação e modernização da unidade industrial 
Investimento fixo aprovado: R$ 3,6 milhões 
Geração de novos empregos diretos: 23 

Bebidas Fruki S.A. 
Local: Lajeado 
Aumento da capacidade produtiva e modernização do processo de produção 
Investimento fixo aprovado: R$ 9,4 milhões 
Geração de novos empregos diretos: 121 

 

 

Instinto Íntimo Artigos de Vestuário 
Local: Guaporé 
Aumento da capacidade produtiva 
Investimento fixo aprovado: R$ 1,3 milhão 
Geração de novos empregos diretos: 18 


Texto: Assessoria de Comunicação-SDECT 
Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
Edição: Redação Palácio Piratini/Coordenação de Comunicação

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br