Ministro das Cidades anuncia R$ 1,5 milhão para Perimetral Metropolitana e duplicação da Castelo Branco

24/09/2014

 

 

 

 

 

 

 

 

O Rio Grande do Sul conquistou R$ 1,5 milhão em recursos federais para elaboração dos projetos da Perimetral Metropolitana (R$ 1 milhão) e duplicação da Avenida Castelo Branco (R$ 500 mil), na entrada de Porto Alegre. O anúncio do ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi, aconteceu nesta quinta-feira à tarde (18), na sede da Trensurb (Trens Urbanos de Porto Alegre S.A.), na capital. 

A Perimetral Metropolitana deverá ter 18 quilômetrosde extensão, com inicio na Estrada da Branquinha, envolvendo os municípios de Viamão, Alvorada, Gravataí, até a zona norte de Porto Alegre. "O Ministério das Cidades tem sido grande parceiro dos municípios gaúchos, especialmente na questão da mobilidade urbana.. Eu tenho certeza que as duas intervenções anunciadas aqui contemplam demandas históricas dos gaúchos. É parte de uma fase seqüencial, de um círculo virtuoso que estamos vivendo," explicou o ministro, ao se referir à etapa final do processo de elaboração técnica do projeto, antes do início das obras. 

"São duas intervenções urgentes, que são verdadeiros funis. O trabalho é realizado em conjunto com a Prefeitura de Porto Alegre, assim como com os demais municípios da Região Metropolitana que integram essa Perimetral", disse o secretário estadual do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, João Motta, responsável por coordenar e gerir os projetos. 

Segundo dados do ministério, os empreendimentos fazem parte do Pacto Mobilidade Urbana, lançado pelo Governo Federal em junho de 2013, que destinou R$ 50 bilhões para o setor. No Rio Grande do Sul, os empreendimentos nessa área apoiados pela União totalizam R$ 8,12 bilhões, com diversas fontes de recursos (OGU, BNDES e FGTS) e contrapartidas do estado, municípios e iniciativa privada. Deste total, R$ 5,04 bilhões são obras selecionadas pelo PAC. 

Os 28 empreendimentos destinados ao Estado estão distribuídos em 174,9 quilômetrosde obras para vias de transporte coletivo nos diversos modais, além de 38,2 quilômetros em projetos. 
Santa Maria 

Na ocasião, o ministro anunciou também R$ 218,55 milhões para a prefeitura de Santa Maria. Os recursos serão aplicados nas obras do Corredor de Ônibus Troncal Leste-Oeste e também para qualificar a gestão do sistema de transporte do município. Os empreendimentos em Santa Maria estão previstos no PAC Médias Cidades. 


Fonte: Texto: Anamaria Bessil Foto: Claudio Fachel/Palácio Piratini Edição: Redação Secom

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br