Canela recebe Caravana do RS Mais Igual

24/09/2014

A partir de agora, 356 famílias que vivem em situação de pobreza extrema em Canela, na região das Hortênsias, passam a integrar o programa RS Mais Igual, do Governo do Estado. Elas passam a receber uma complementação de renda ao Bolsa Família, somando R$ 100,00 por cada integrante da família. 


O secretário adjunto da Casa Civil, Roberto Nascimento, explicou aos beneficiários os critérios do programa, como funciona a transferência de renda e o eixo da inclusão produtiva, que estão garantindo as condições necessárias para que milhares de gaúchas e gaúchos superem a miséria e conquistem a autonomia financeira. A atividade ocorreu no Ginásio da Escola Estadual de Educação Básica Neusa Mari Pacheco. Na região das Hortênsias, são 649 famílias beneficiadas, o que representa mais de 2,4 mil pessoas, em sete municípios, com um investimento mensal de mais de R$ 52 mil. 

"O objetivo do RS Mais Igual é aumentar a renda das famílias em pobreza extrema e ajudar a quem realmente precisa, porque não há melhor dinheiro investido do que na qualidade de vida do povo, no crescimento de todos os cidadãos", ressaltou o secretário. 

Durante o evento, o Detran-RS também fez a entrega das carteiras de habilitação do programa CNH Social. No município, 33 pessoas de baixa renda foram beneficiadas. A CNH Social atua, também, no fomento à inclusão produtiva, proporcionando que milhares de pessoas ingressem no mercado do trabalho. Um dos moradores que concluiu o curso foi Moises Inácio de Oliveira, que mudou de categoria, passou de B para AD, e espera agora conseguir um emprego na área do turismo. "Agora pretendo fazer um curso profissionalizante do Pronatec", disse ele. 

Entenda o RS Mais Igual 

Alinhado ao Plano Nacional Brasil Sem Miséria, o RS Mais Igual complementa o Bolsa Família, garantindo aos beneficiários com crianças de até seis anos, uma renda mensal de até R$ 100,00 para cada integrante. 

O programa é dividido em três eixos de atuação: transferência de renda, acesso aos serviços públicos e geração de oportunidades/inclusão produtiva, e está proporcionando as condições para as famílias superarem a extrema pobreza. 

Desde 2012, o programa já beneficiou mais de 80 mil famílias, o que representa mais de 296 mil pessoas incluídas. Destas, 4 mil famílias já devolveram o cartão do RS Mais Igual e do Bolsa Família, pois através de programas como o Pronatec e do incentivo à agricultura familiar, conquistaram a autonomia financeira e não dependem mais dos recursos do Estado.


Fonte: Texto e foto: Thais Baldasso Edição: Redação Secom 

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br