BRDE destinará R$ 550 milhões para o Plano Safra Gaúcho

04/07/2016

Evento realizado na última quarta feira (29), no Palácio Piratini, deu início ao Plano Safra 2016/2017. Os recursos recordes na ordem de R$ 3 bilhões foram destinados pelo Sistema Financeiro Gaúcho, formado pelo Banrisul, Badesul e BRDE, que aportou R$ 550 milhões.

O montante estará à disposição, nas três instituições, a partir de 1º de julho, oportunizando aos agricultores começarem já a planejar a safra de verão. Nos últimos dez anos, mais de R$ 3,5 bilhões foram destinados pelo BRDE em favor do agronegócio gaúcho.

O lançamento do Plano Safra foi feito pelo governador José Ivo Sartori em cerimônia que contou com a presença de produtores rurais, cooperativas, prefeitos e secretários de Estado, além dos presidentes do Banrisul e Badesul.

Pelo BRDE participou o vice-presidente Odacir Klein que destacou o empenho dos colaboradores do Banco em estar à disposição dos agricultores para viabilizar as operações relacionadas a projetos de irrigação e de armazenagem; aquisição de máquinas e equipamentos; pesquisas e tecnologia; obras civis; e projetos sanitários e ambientais. “Somos parceiros na busca da retomada do desenvolvimento da economia do Rio Grande do Sul”, afirmou Klein.

BRDE e COOPERMIL

Representando o sistema cooperativo falou o presidente da Cooperativa Mista São Luiz Ltda. – Coopermil, sociedade com sede em Santa Rosa, Joel Antônio Capeletti, que ressaltou a importância dos recursos do BRDE para as cooperativas, sobretudo para a Coopermil.

“Estes recursos têm sido de vital importância para a cooperativa por nos fazer crescer e dar sustentabilidade. Graças a isto somos uma ferramenta de inclusão social. O investimento em agronegócio, como este que estamos presenciando agora, é o melhor que o governo pode fazer. Basta ver um produtor jogar 40 kg de semente de milho na terra e, em 150 dias, colher 180 a 200 sacas do produto. Isto é uma geração de riqueza que não existe em nenhum outro setor produtivo. É o segmento que dá resposta mais rápido aos investimentos feitos”, observou Capeletti.

Parceira do Banco desde 1977, a Coopermil investirá em melhorias na infraestrutura administrativa e na logística de comercialização e entrega de insumos agrícolas em diversas unidades da Cooperativa. O projeto abrangerá os municípios de Giruá, Santa Rosa, Tuparendi, Novo Machado e Doutor Maurício Cardoso com recursos do BNDES PRONAF AGROINDÚSTRIA, e deverá gerar cerca de R$ 420 mil em ICMS.

Na unidade de Doutor Maurício Cardoso, a instalação de um novo secador para 125 t/h triplicará a capacidade de secagem e de recebimento de grãos. Atualmente a unidade recebe 170 mil sacos de grãos e, com o investimento, ampliará para 500 mil sacos por ano.

Texto e foto: site BRDE

 

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br