Agroindústria, energia e inovação são destaques do BRDE no Rio Grande do Sul em 2015

31/03/2016

Agroindústria e energias renováveis foram as áreas que concentraram o maior número de operações na Agência do Rio Grande do Sul do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, conforme divulgado na manhã de segunda-feira (28) durante a coletiva de imprensa sobre o Balanço de 2015 da instituição. O BRDE também destacou o financiamento à inovação como estratégia para gerar desenvolvimento.

No setor agroindustrial, um financiamento de R$ 35 milhões em complemento aos R$ 70 milhões já financiados em 2014 viabilizará a duplicação da mais moderna fábrica de leite em pó do Brasil pela Cooperativa Central Gaúcha Ltda. – CCGL, em Cruz Alta. Quando concluída, a unidade será a maior em operação no Brasil, tendo capacidade para processar mais de dois milhões de litros de leite por dia, gerando cerca de 143 novos postos de trabalho.

No segmento de energias renováveis – uma das prioridades da Agência RS – foi relevante o apoio concedido pelo BRDE aos Parques Eólicos de Chuí, no município de mesmo nome, e de Hermenegildo, em Santa Vitória do Palmar e Chuí. O investimento total nesses projetos alcançou R$ 2 bilhões, sendo R$ 243 milhões apoiados pelo BRDE em 2015. “Esses investimentos contribuem para a revitalização de regiões economicamente deprimidas do Estado e estão alinhados com a estratégia do Banco de promover o desenvolvimento regional por meio de projetos que visem à sustentabilidade e à geração de energia renovável”, explicou Paulo Raffin, superintendente da Agência do Rio Grande do Sul.

Um exemplo de apoio à inovação e à introdução de novas tecnologias é o crédito concedido para a Bhio Supply, empresa com sede em Esteio, responsável pela fabricação e o desenvolvimento de produtos médico-hospitalares, em especial para videocirurgias. O BRDE aprovou financiamento no valor de R$ 2,16 milhões para o Projeto Feevale Techpark, em Campo Bom, cujo prédio abrigará o centro de pesquisa e desenvolvimento da empresa, bem como permitirá a implantação do laboratório e de planta produtiva ANVISA Classe 4 para introdução de novos produtos no mercado de equipamentos médicos e hospitalares.

O superintendente da agência do RS informou que o BRDE superou a marca de 10 mil clientes atendidos no Estado em 2015, distribuídos por 437 municípios gaúchos. “Isso mostra a grande capilaridade do BRDE no Estado. Encerramos 2015 com 87,92% dos municípios atendidos com algum financiamento, seja para empresas, cooperativas ou produtores rurais”, disse Raffin.

No ano passado foram fechados contratos de financiamento no montante de R$ 804,8 milhões, o que permitiu a geração ou a manutenção de 7.255 postos de trabalho.

 

Texto e foto: Imprensa BRDE

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br