Celso Amorim abordará temas de segurança fronteiriça no Paraguai

22/04/2014

O ministro da Defesa, Celso Amorim, viajará para Assunção no próximo dia 23 de abril para reunir-se com seu par paraguaio, Bernardino Soto Estigarribia, em uma visita para tratar temas de segurança fronteiriça entre os dois países, informou à Agência Efe nesta segunda-feira o Ministério da Defesa do Paraguai.

Amorim deve reunir-se com Soto Estigarribia no dia 24 para abordar a cooperação em questões de segurança de suas fronteiras, especialmente a do Ponte da Amizade, que conecta Ciudad del Este, o segundo núcleo urbano mais importante do Paraguai, com Foz do Iguaçu.
A agenda de Amorim, que voltará nesse mesmo dia ao Brasil, poderia incluir uma reunião com o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, mas esse encontro ainda não foi confirmado, segundo Olga Acuña, assessora de imprensa do Ministério da Defesa.
As autoridades do Paraguai e Brasil colaboram estreitamente na luta contra a droga em suas áreas fronteiriças, onde agentes policiais brasileiros participaram das operações para destruir plantações de maconha no lado paraguaio.
O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do Sul, com uma colheita anual de 45 mil toneladas, segundo suas autoridades. 80% da droga se dirige por estrada ao Brasil, enquanto o resto acaba na Argentina, Uruguai e Chile, entre outros países.
No Paraguai, um quilo de maconha custa US$ 30, enquanto no Brasil não sai por menos de US$ 150, e no Chile pode chegar aos US$ 1 mil, segundo a Secretaria Nacional Antidroga (Senad). 


Fonte: Terra

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br