Acordo viabiliza construção de plataformas no polo naval de Rio Grande

03/07/2015

Um acordo fechado nesta quinta-feira (2), entre a Petrobras e o consórcio Queiroz Galvão e Iesa Óleo e Gás, vai garantir a construção de duas plataformas no polo naval de Rio Grande - a P-75 e P-77. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, disse que o o governo do Estado sempre esteve atento ao processo e não mediu esforços para que as obras fossem implantadas.

"Esta iniciativa irá fortalecer a competitividade do polo naval. As duas obras vão gerar mais de 4 mil empregos em Rio Grande, o que permitirá a recontratação dos trabalhadores que estiveram na construção das plataformas P-63, P-55 e P-58 e foram dispensados", comemorou o secretário.

 

Agência de notícias Governo RS

Texto: Renato Bohusch/Ascom-SDECT
Edição: Rui Felten/CCom 

 

Todos os direitos reservados à CODESUL.

Santa Catarina

http://www.sc.gov.br

Paraná- Foto: Joel Rocha

http://www.pr.gov.br

Mato Grosso do Sul- Foto: Chico Ribeiro

http://www.ms.gov.br

Rio Grande do Sul- Foto: Arquivo RS

http://www.rs.gov.br